Bate papo com o autor e construção de narrativa

 

E agora, papagaio? | Gilles Eduar

 

 

Lá do alto o papagaio avista lá longe. Mas o que ele está vendo? Em tom de lengalenga os números são apresentados, numa brincadeira de adivinha. O pequeno leitor é convidado a subir na bicicleta com a personagem e a participar da narrativa, prevendo a quantidade de elementos que aparecerão na ilustração.

Gilles Eduar cria uma forma divertida e engraçada de brincar com os algarismos, permitindo as crianças criarem outras histórias por meio das imagens e do acúmulo quase caótico de elementos, que dão o tom de humor ao livro.

 

A ATIVIDADE

 

Partindo do processo de construção do livro "A História do Arco-Íris", a escritora explica como o livro é feito, começando da criação da história e o convite ao ilustrador. Depois, conta como a produção de um livro é feita: como um texto se transforma em um livro? O que é um editor? O que ele faz? O que é um 

A partir do livro "E agora, papagaio?" o autor Gilles Eduar inicia a atividade contando a história do livro e apresentando os números e os numerosos elementos que surgem página após página. ele inicia, então, a construção de uma nova história, com a ajuda dos participantes.

Em uma folha de papael em branco, ele começa a desenhar um elemento principal, que começará a ser preenchido por diferentes personagens e animais, à medida que as crianças dão dicas: "Dois hipopótamos morrendo de medo!", "Três girafas preguiçosas", e assim por diante, respeitando o aumento progressivo dos algarismos e enchendo a folha de papel com a história desse grupo atrapa;hado de personagens.

 

Oficina para escola da rede municipal, na Biblioteca Municipal Affonso Taunay, São Paulo. 

© ​2014 Jujuba Editora. 

Desenvolvido por Entrelinha Design

  • facebook-square